dar banho em cachorro

Dicas sensacionais para dar banho em cachorro em apartamento

Dar banho em cachorro em casa pode ser um desafio muito grande. Se em casa, onde o espaço disponível é bem maior que em um apartamento, já é difícil, imagine dar banho em um apartamento, o desafio será ainda maior.

Pelo espaço ser reduzido e ser necessário ter cuidados extras, essa atividade será bastante difícil. Mas como você viu no título, vamos trazer excelentes dicas para tornar esse desafio de dar banho em cachorro possível, para todos os tutores de cachorros que moram em apartamento.

Veja como dar banho em cachorro em apartamento

A maioria dos condomínios costuma ter algumas regras sobre o tamanho dos cachorros dos seus moradores. Normalmente, a regra são cachorros abaixo dos 15 quilos, cachorros de pequeno a médio porte. 

Essa informação pode variar tanto para mais quanto para menos dependendo do prédio, tamanho do apartamento e regras internas.

Para o texto de hoje, vamos nos basear nessa regra básica dos 15 kg e em apartamentos de médio porte. Algo que vai influenciar na dificuldade do banho e da secagem é o comprimento do pelo do cachorrinho. Desde pinscher com seu pelo curtinho até poodles com seus cachinhos.

Dito isso, vamos focar nas principais dicas para você dar banho em seu cachorro no seu apartamento.

1. Não crie um sentimento de medo de banho no seu pet

Um cachorro com medo de banho vai dificultar bastante a tarefa. Tanto para iniciar, quanto para executar. E são momentos como esse que o cachorro pode fugir, molhar toda a casa, derrubar baldes… e aí já viu, as chances de multas são bastante altas, fora toda a bagunça.

Então, sempre lide com bastante calma para seu cachorro não ficar traumatizado com banhos, faça carinho nele antes do banho, vá habituando-o com o barulho (caso dê banho no chuveiro) e temperatura da água. 

Inicie sempre com calma, para ele poder se adaptar e curtir o momento. Assim, todo o processo de dar banho em seu cachorro ficará muito mais simples.

2. Escolha o espaço correto

Quando falamos de um ambiente reduzido (como o caso de um apartamento médio), diminuem as chances de ter um espaço próprio para o banho em cachorro. Então, antes de pensar no banho, você precisa estabelecer o local para a tarefa. Os lugares mais indicados são o banheiro e/ou a lavanderia. 

Como não sabemos se em seu “ap” tem varanda, vamos focar nessas áreas comuns que praticamente todos os apartamentos médios possuem. Será interessante você possuir cercas removíveis (daquelas que são usadas em piscinas, por exemplo) para fechar o ambiente escolhido e garantir que o cãozinho não fuja e molhe todos os cômodos e móveis.

3. Prepare o ambiente antes de iniciar

Após escolher o local, ainda é preciso preparar todo o ambiente para você dar banho em seu cachorro. Deixe todos os materiais que serão utilizados, organizados e próximos de você, para evitar que você tenha que sair do local e deixar o cachorrinho sozinho.

Além de deixá-lo sozinho não ser uma ideia muito boa (ele vai tentar fugir ou no mínimo ficará agitado e ansioso), vai atrasar o processo do banho e aumentar as chances de problemas. Dessa forma, prepare as toalhas, os shampoos, escova e demais coisas, deixando tudo com fácil (e rápido) acesso.

Dica extra 1: qual shampoo escolher?

No mercado de produtos para dar banho em cachorros, existem diversos tipos de shampoos para diferentes objetivos. Desde perfumes diferentes, para pelos claros, para pelos escuros, para dar volume, reduzir volume, dar brilho, entre outros.

+ Veja também: Cuidados com Gatos: Como lidar com gatinhos fujões?

Considere e priorize shampoos anti-alérgicos e anti pulgas, para além de bonito, deixar o seu cachorrinho saudável. 

Condicionadores são bastante indicados para cachorros com os pelos mais compridos. Sempre converse com o veterinário do seu cachorro e peça dicas de shampoos para dar banho no seu cachorro.

Dica extra 2: como desembaraçar pelos após o banho?

Como na dica extra acima, o uso do condicionador será um diferencial para dar banho em cachorros com os pelos mais longos. No decorrer do banho utilize o condicionador espalhando e penteando a pelagem do animal com bastante cuidado para desembaraçar os nós.

Dicas de secagem

Além dos cuidados ao dar banho no seu cachorro em apartamento, é preciso secar bem o seu amiguinho para que ele não molhe todo o apartamento. Vamos para algumas dicas:

dar banho em cachorro

Várias toalhas

Cães não gostam muito de ficar limpinhos e molhados, com isso, eles vão tentar ao máximo se secar em tudo que estiver disponível, e nisso entram os sofás, as camas e outras superfícies permeáveis.

Desse modo, utilize diversas toalhas no chão de modo que o cachorro tenha onde se secar (ou no caso, finalizar a secagem). Mas lembre sempre de tirar todo o excesso e deixar ele o mais seco possível.

Para raças de pelo curto, apenas a toalha já vai resolver 99% do “problema”. Para cachorros com pelos longos é aconselhável usar um secador de cabelos. O que nos leva para a próxima dica.

Secador de cabelos

O secador de cabelos será um excelente aliado para secar seu cachorro e finalizar com chave de ouro o banho em seu cãozinho. Primeiro faça a utilização das toalhas para retirar todo o excesso que deixaria ele pingando pelo seu apartamento. Com o excesso retirado agora seu cão estará pronto para o secador. 

Importante: utilize o secador em temperatura baixa ou média, evitando queimar os pelos e a pele, além de evitar a queda de pelos (que também pode ocorrer com os cachorros).

Para cachorros com pelos ainda mais longos, você deve utilizar o secador sempre com o vento de cima para baixo, na direção do crescimento do pelo. Dessa forma, o próprio vento com a ajuda de um pente/escova vai desembaraçar os fios mais longos.

Qual a frequência certa para dar banho em cachorro?

Cachorros de apartamento geralmente não se sujam tanto. Eles ficarão boa parte do tempo em um ambiente limpo e entrarão em contato com ruas e avenidas, apenas quando você for passear com ele.

Dessa maneira, é aconselhável dar banhos de 15 em 15 dias (em média). Caso ele se suje, por algum motivo de bagunça, também é aconselhável dar um banho no seu animal. Banhos diários não são aconselháveis. Mantendo a rotina de 15 em 15 dias, tudo ficará resolvido.

Compartilhe nosso conteúdo, para que mais tutores de cachorros fiquem por dentro das nossas dicas.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!

Share on facebook
Share on twitter